Diversidade nas empresas: por que tornar isso uma realidade?

Diversidade nas empresas: por que tornar isso uma realidade?
8 minutos para ler

A diversidade cultural, étnica, ideológica, entre outras, não deve mais ser encarada como um tabu dentro das organizações. Mais do que uma garantia da dignidade humana nos ambientes de trabalho, a diversidade nas empresas também tem se apresentado como uma boa estratégia de inovação e desenvolvimento de lideranças, além de uma fonte poderosa de lucratividade.

Para entender melhor sobre o que estamos falando e descobrir como a diversidade nas empresas afeta seus resultados, continue conosco. Neste post, você vai conferir a importância de diversificar o ambiente empresarial, entender como essa prática afeta a performance da corporação e de que forma isso pode se transformar na realidade da sua empresa. Boa leitura!

O que é a diversidade nas empresas?

Quando bem incorporada, a diversidade nas empresas é uma prática que proporciona acesso a uma variedade muito maior de talentos. Quando uma equipe é composta por profissionais diversificados, a empresa acaba ganhando vantagem no que tange a sua forma de perceber seu público-alvo, que possui necessidades e motivações variadas, além de ter um maior potencial de solução de problemas, em função da diversidade dos pontos de vista.

A necessidade dessa inclusão surgiu da percepção do quanto as diferenças enriquecem o ambiente organizacional e auxiliam seu desenvolvimento como um todo. Isso ocorre porque a diversidade nas empresas:

  • estimula a criatividade em função da troca de informações nas equipes;
  • promove novas ideias, backgrounds e opiniões;
  • permite uma visão mais abrangente e menos parcial do mercado;
  • enriquece a composição de metas diversificadas, com foco em motivações e necessidades distintas.

O conjunto desses benefícios permite que a empresa seja cada vez mais eficiente na sua comunicação com os diferentes públicos, mais eficaz no atendimento das necessidades latentes e, por consequência, bem sucedida na execução das suas atividades.

Qual a importância de diversificar o ambiente empresarial?

A diversidade nas empresas é um tema que precisa ser pensado desde o recrutamento e seleção de novas equipes. Ela deve estar alinhada com a estratégia da empresa e embutida nos seus valores e na sua cultura, caso contrário, pode não fluir como deveria no dia a dia de trabalho.

A escolha de novos profissionais vai além das habilidades técnicas que eles carregam, considerando também os seus aspectos pessoais, de personalidade, étnicos, culturais e de gênero, por exemplo. Quanto mais diversificadas forem as equipes, maiores as chances de compor um time com características únicas e uma visão abrangente da organização e também do mercado.

O quebra-cabeças para encontrar os profissionais ideais, com talentos ímpares, e dispostos a serem encaixados nas necessidades das empresas é cada vez mais complexo. Com a diversidade, isso se torna um pouco mais acessível, já que um grande leque de possibilidades é aberto.

Além disso, nas equipes executivas, é essencial cultivar um espaço de cocriação, pautado em diferentes realidades e perspectivas. Muitas vezes, isso só é possível por meio das vivências que cada pessoa carrega — algumas delas provenientes de condições específicas, como lugares em que o profissional já morou, culturas com as quais teve contato e até mesmo os mercados nos quais já atuou.

Nesses casos, a diversidade cultural é essencial para agregar valor às equipes e, consequentemente, às empresas. A partir dela, os grupos de trabalho conseguem abordar os problemas comuns da corporação a partir de perspectivas diferentes e visões mais abrangentes e criativas. De quebra, é criado um ambiente propício para o exercício da tolerância e da empatia.

Como a diversidade nas empresas afeta a performance da corporação?

Melhora a produtividade

A diversidade é responsável por reunir diferentes talentos, perfis profissionais e experiências trabalhando por um objetivo comum. Isso faz com que os colaboradores ampliem sua visão e se acostumem a ver uma mesma situação sob diferentes perspectivas, aumentando sua capacidade de produzir em diferentes cenários e o potencial de inovação da empresa. Um estudo realizado nos EUA mostra que um ambiente urbano multicultural torna os cidadãos mais produtivos, replicando esse efeito nas empresas.

Aumenta a criatividade

Não é difícil concluir que quanto mais acesso a visões diferentes das suas uma pessoa tem, maior a sua capacidade de quebrar seus paradigmas criativos. Isso acontece porque a criação em si costuma surgir da combinação de ideias que já existiam de alguma forma. No ambiente de trabalho, portanto, quando se unem várias ideias e formas de solucionar um problema, maiores as chances de se criarem soluções ainda melhores.

Estimula os lucros

Encarar um negócio sob a perspectiva da diversidade facilita uma abordagem mais abrangente, capaz de atender a necessidade de públicos diferentes. Quanto mais específicos os times de trabalho, mais eles se concentram naquilo que já vêm fazendo, da forma como sempre fizeram. No entanto, se forem reunidas pessoas com formas distintas de fazer, outras soluções são criadas, expandindo as possibilidades, como atuar em um novo mercado, por exemplo.

Aprimora o engajamento

Com tanta informação disponível, pesquisar sobre outras culturas pode ser algo relativamente fácil hoje e dia. Mas a possibilidade de aprender sobre isso com colegas de trabalho que têm uma formação e vivências diferentes é bem mais atrativa. Isso estimula ainda mais o interesse pelo grupo de trabalho, facilita os relacionamentos interpessoais e aprimora o engajamento das equipes.

De que forma você pode levar essa realidade para a sua empresa?

Como você já deve ter percebido, um bom programa de recrutamento e seleção deve estimular a diversidade nas empresas. A partir daí, é preciso estar atento para realizar uma gestão eficiente dessas equipes. O passo seguinte é alinhar as práticas de diversidade com as metas organizacionais. É impossível querer implementar uma cultura de diversidade se a empresa não consegue lidar com as divergências que isso traz.

Como transformar a diversidade no local de trabalho uma realidade não é uma tarefa fácil, a própria Forbes já elaborou alguns passos tidos como essenciais para conseguir realizar esse feito. Confira:

  • tenha clareza sobre o que quer alcançar — “diversidade no trabalho” não deve soar como um slogan superficial, ele precisa estar enraizado nas iniciativas da empresa; para isso, quando a empresa busca diversificar sua equipe, é preciso saber pelo que ela está buscando e como um talento específico pode ajudá-la a alcançar, do contrário, a contratação será apenas “boa vontade”;
  • evite apenas replicar práticas — copiar as práticas que funcionam em uma empresa e tentar replicá-la em outra pode não ser uma boa ideia. Isso vale tanto para imitar as práticas exercidas pelo concorrente quanto para estender uma abordagem para várias filiais, afinal, o que funciona em um local pode não funcionar em outro;
  • esteja atento à execução — o segredo aqui é realizar uma boa gestão operacional, porque, por melhor que seja um projeto de diversidade nas empresas, ele só alcançará o sucesso se as condições básicas operacionais funcionarem bem, com ferramentas adequadas e motivação para exercer as atividades-base do negócio;
  • entregue valor — uma equipe só funciona bem se consegue perceber valor naquilo que faz e não é diferente na diversidade empresarial. Se as equipes não entenderem o real motivo de desempenharem suas atividades, os benefícios da diversidade pode simplesmente desaparecer diante dos olhos.

Para garantir a diversidade nas empresas é importante contar com estratégias pontuais que facilitem essa realidade. Nesse sentido, o recrutamento externo é um ótimo método para atrair candidatos que não estão habituados à cultura da organização, oxigenando o ambiente com novas ideias e percepções.

Diferentemente do recrutamento interno, o externo possibilita a contratação de novos profissionais com visões diferentes de mercado, vindos de outras localidades e com possibilidade de incorporar novos hábitos e costumes à rotina de trabalho. Apesar de não chegarem a interferir formalmente na empresa, esses profissionais alteram aspectos informais da corporação, como o clima organizacional.

A diversidade nas empresas é uma necessidade presente em qualquer organização, pois, além de ser relevante do ponto de vista humanista, ela é indispensável para uma atuação mais eficiente, criativa e lucrativa.

Este texto foi útil para você? Para ficar por dentro de outros conteúdos relevantes como este, assine nossa newsletter e receba nossas atualizações diretamente no seu e-mail. Até o próximo post!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-