No geral, uma empresa investe tempo e recursos em um processo de recrutamento e seleção eficiente, promove entrevistas para reconhecer talentos e, enfim, faz a contratação. No entanto, o ciclo de admissão não termina aí. É preciso trabalhar também na integração de funcionários.

Estratégias que promovam a adaptabilidade do profissional em sua nova função vão favorecer maior produtividade e melhor relacionamento com os outros integrantes da equipe, fator necessário para um ambiente corporativo saudável. A satisfação proporcionada por um processo de adaptação bem estruturado ainda vai ser relevante para empresas que desejam diminuir os índices de rotatividade e aumentar a retenção de talentos.

Por isso, neste artigo, separamos algumas ações que podem ajudar a equipe de RH da sua organização no processo de integração de funcionários novos, também chamado de onboarding. Confira!

Associá-lo a um mentor

A mentoria é uma estratégia muito usada por empresas que buscam integrar novos colaboradores de forma eficaz, principalmente quando se trata de cargos de gestão e executivos.

O mentor é um profissional experiente — interno ou externo — que vai acompanhar o recém-contratado em seu desenvolvimento profissional e pessoal, auxiliando em desafios, aconselhando, sugerindo mudanças de atitude e também repassando a ele responsabilidades e práticas inerentes à função.

Um programa de mentoria tem o poder de impulsionar o desenvolvimento de um profissional, trabalhar habilidades de liderança e preparar o indivíduo para exercer seu trabalho com maior segurança e possibilidade de resultados.

Grandes empresas como Ambev e Intel já adotaram programas de mentoria para seus colaboradores. Que tal sua empresa investir nesse aspecto também?

Fornecer as ferramentas necessárias para o trabalho

Outro fator importante na integração de funcionários que pode parecer óbvio mas passa despercebido em muitas empresas é o fornecimento das ferramentas de trabalho.

Um exemplo simples: imagine um novo contratado que chega para trabalhar e vê que não reservaram uma mesa para ele ou que não há um computador individual? Cadernos, canetas e outros itens de papelaria também fazem a diferença para que o profissional se sinta acolhido e como parte da equipe já no momento de chegada, além de licenças dos softwares pertinentes e acesso aos sistemas da empresa.

Forneça as ferramentas necessárias para o trabalho o quanto antes, a fim de mostrar a valorização da empresa e evitar que o novo colaborador fique deslocado ou ocioso por um longo período de tempo.

Aplicar os 4 Cs

Você conhece os 4 Cs do onboarding? Eles são usados por muitas empresas quando o assunto é integração de funcionários, já que fornecem uma metodologia eficaz que pode guiar a equipe de recursos humanos no processo de adaptação de novos colaboradores.

Basicamente, os 4 Cs vêm dos termos em inglês Compliance, Clarification, Culture e Connection, que podem ser traduzidos como Conformidade, Esclarecimento, Cultura e Conexão. Veremos a aplicação de cada um deles abaixo.

Conformidade

O primeiro passo para integrar um funcionário é deixá-lo a par das diretrizes e dos regulamentos da empresa. É um momento formal no qual as políticas organizacionais são informadas, mas nem por isso precisa ser pesado.

É possível realizar esse alinhamento por meio de vídeos, documentos e infográficos, por exemplo. O fundamental é que o colaborador inicie sua jornada na organização consciente de seus direitos e deveres legais como profissional.

Esclarecimento

Também é necessário definir, de forma clara, quais são as funções que competem ao novo integrante da equipe e o que se espera dele desde o primeiro dia. É preciso esclarecer processos e tirar dúvidas antes que ele comece efetivamente a trabalhar.

Uma reunião com seu superior pode ser o momento ideal para traçar objetivos pessoais e apresentar as metas da equipe e da empresa, de forma a alinhá-los. Uma falha nesse momento pode deixar o colaborador perdido e improdutivo, dando a impressão de desorganização nas informações e retardando o início de um trabalho com foco em resultados.

Cultura

O alinhamento do profissional com a cultura da empresa é essencial e deve ser observado antes mesmo da contratação. Atualmente, muitas organizações buscam talentos por meio de ferramentas que conseguem identificar proximidade de valores e ideais no candidato.

Após a admissão, é hora de apresentar a missão, a visão e os valores da empresa, ou seja, as diretrizes que regem os processos e as metas da equipe. Além de guiar comportamentos, esse alinhamento gera a sensação de propósito, tão importante para os profissionais.

Conexão

Mais uma etapa do processo de integração de funcionários, essa consiste em promover conexão entre empresa e colaborador. Isso se dá logo nos primeiros momentos, com ações simples como tour pelo prédio, interação com a equipe e apresentação aos gestores. Esse momento de boas-vindas favorece a sensação de acolhimento e permite que o profissional inicie sua jornada com confiança e bem-estar.

Oferecer treinamentos

Outra estratégia importante — e que pode ser decisiva no processo de adaptação e integração de funcionários — é o oferecimento de treinamentos. Afinal, eles não são necessários apenas para passar novos conhecimentos após anos de casa.

Para o novo colaborador, eles podem servir tanto como atualização, desenvolvimento e aprimoramento de habilidades e competências quanto como introdução a sistemas usados na empresa, por exemplo.

O treinamento de novos integrantes pode acontecer em apenas algumas horas ou em dias ou, até mesmo, ser integrado à rotina profissional, com ferramentas de educação corporativa e gestão de conhecimento.

Um dos objetivos de estabelecer um processo de integração de funcionários sólido e eficiente é mostrar que a empresa valoriza seus novos talentos, quer acolhê-los da melhor forma possível e incentivar seu desenvolvimento constante. Por isso, treinamentos devem ser vistos de forma estratégica.

Você consegue imaginar os resultados das ações acima? Pois saiba que eles vão muito além do bem-estar dos colaboradores em seu momento de chegada na empresa.

O sentimento de pertencimento e localização viabiliza uma maior satisfação do profissional, diminuindo índices de rotatividade, melhorando o clima organizacional e gerando maior produtividade.

Então, percebe como a integração de funcionários é essencial para sua empresa? Certamente os resultados provenientes do investimento nesse aspecto vão surpreender você. Como vimos, a mentoria, os treinamentos e outras ferramentas são grandes aliados nesse processo. Não deixe de colocá-los em prática!

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais dicas pertinentes para sua empresa e seu time de RH, siga a Harpio no Facebook e no LinkedIn. Até a próxima!