Saiba como entrevistar um candidato e reconhecer um talento

5 minutos para ler

Um processo seletivo de qualidade é o primeiro passo para o sucesso de uma organização. Para concretizá-lo, é preciso, além de fazer uma boa triagem dos currículos, saber como entrevistar um candidato de maneira direta e que permita obter as informações necessárias para escolher o profissional mais adequado.

Para ajudar você nessa tarefa, preparamos este post com dicas sobre como realizar entrevistas de forma mais efetiva. Acompanhe!

Como entrevistar um candidato?

Há diversas ferramentas que aumentam a eficiência do processo de aquisição de talentos. Entretanto, a maioria das organizações se contenta em selecionar os currículos e fazer as entrevistas sem nenhum tipo de método que permita entender e classificar as informações.

Os resultados disso são conhecidos: contratações ruins que não agregam ao crescimento da empresa. Paralelamente, há grandes gastos com rescisões trabalhistas e novos processos seletivos.

Uma triagem cuidadosa, que investigue os principais pontos do currículo, é o pontapé inicial para uma nova prática de recrutamento e seleção. Com base nessas informações, é possível montar uma entrevista estruturada e realizar uma contratação mais eficiente.

O que é uma entrevista estruturada?

A entrevista estruturada segue um planejamento prévio, que permite obter as informações que o setor de recursos humanos (RH) e o gestor da área precisam para tomar decisões mais acertadas.

É importante abrir espaço para improvisações, para que dados importantes possam surgir de maneira espontânea durante o processo, mas ter uma estrutura é essencial para acertar na escolha.

Lembre-se de que a melhor maneira de selecionar o profissional mais adequado para a sua organização é ter o maior número de dados à disposição para evitar o viés no processo seletivo. Impressões individuais podem levar a erros e ser contaminadas por aspectos subjetivos, ideias preconcebidas e inadequadas.

Para fazer uma entrevista estruturada, então, é preciso relacionar os pontos principais a serem abordados e abrir oportunidades para que as respostas sejam aprofundadas. Classifique esses dados de maneira organizada e depois compare as informações coletadas em todas as entrevistas.

Além disso, podem-se incluir outros aspectos percebidos durante a seleção, como postura corporal, demonstração de ansiedade, características de personalidade percebidas, vocabulário e outros.

Como fazer a entrevista ideal?

Destacamos, a seguir, as principais dicas para que você possa fazer a entrevista ideal. Acompanhe!

Tenha um bom roteiro

As entrevistas são, basicamente, conversas para conhecer o candidato e entender se ele tem as competências necessárias para ocupar a vaga.

Quando se pensa dessa maneira, é possível entender por que é tão fácil que elas percam o rumo, fiquem muito longas e até que o entrevistador não consiga coletar as informações necessárias.

Para evitar esse problema, crie roteiros para guiar as entrevistas, de acordo com o nível e as necessidades da vaga. Alguns aspectos que podem ser considerados na criação deles incluem:

  • entender as experiências e as funções anteriores do candidato;
  • saber das características técnicas necessárias;
  • conhecer seu estilo de vida e suas preferências;
  • tirar dúvidas sobre pontos do currículo;
  • questionar sobre as aspirações e necessidades do profissional.

Prepare-se para a entrevista

Uma entrevista exige preparação não só do candidato, mas também do entrevistador. Antes de mais nada, revise o seu roteiro e leia atentamente o currículo do interessado. Sublinhe pontos que achar importantes e adicione perguntas que podem ajudar a entender melhor o perfil do profissional.

Organize-se para chegar com antecedência. Deixar o candidato esperar por muito tempo pode gerar uma ansiedade desnecessária e que prejudique a interação.

Formule perguntas que ajudem a conhecer o histórico do candidato

O histórico do profissional é importante para detalhar o seu perfil, entender no detalhe quais atividades ele realizou em cada função.

Saber também como ele se relaciona com as pessoas durante um projeto, como se refere ao seu papel e ao dos outros. Isso permitirá perceber se ele trabalha bem em equipe, se valoriza a interação com outros profissionais.

Evite se aprofundar demais em questões pessoais para não invadir a privacidade dele.

Promova um clima agradável durante a entrevista

Um processo seletivo pode ser tenso para muitos candidatos. Afinal, diz respeito ao futuro da sua carreira. Além disso, o profissional está em uma posição desconfortável pois está sendo avaliado. Cabe ao entrevistador, portanto, tornar o clima mais agradável.

Por isso, seja simpático e dê abertura para conversar. Tente deixar o candidato à vontade. Só assim, mais relaxado, ele vai ser capaz de falar mais abertamente sobre as experiências que já teve e demonstrar exatamente quem é.

Atue, então, para que o ambiente seja acolhedor desde a recepção até o último dia de trabalho.

Agora que você já sabe como entrevistar um candidato, tem mais chances de atrair os profissionais mais adequados e acertar nas contratações. Esse é um passo importante para ter um RH mais eficiente e estratégico.

Quer ficar por dentro das últimas tendências em recrutamento, seleção e carreira? Então, curta nossa página no Facebook e no Linkedin.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-