Como definir o salário de uma vaga de emprego? 4 fatores para considerar

como definir salário
6 minutos para ler

Para preencher as vagas oferecidas em uma empresa de forma eficiente, é preciso saber como definir salário em coerência com a remuneração dos demais colaboradores, além da compatibilidade com as responsabilidades que cada profissional vai absorver.

Da mesma forma que uma empresa deseja ter no seu quadro de profissionais os melhores e mais capacitados talentos, essas pessoas também estão em busca de corporações que valorizem suas competências e seus conhecimentos adquiridos ao longo dos anos.

Neste post vamos ajudar você a definir o salário levando em consideração 4 fatores importantes e os cuidados que se deve ter para que as tomadas de decisão não impactem diretamente na performance do time já em atividade. Boa leitura!

Por que o salário é tão importante?

Ao longo da história, quando as sociedades desconheciam qualquer tipo de moeda e a utilidade dela, instaurou-se o sistema de escambo, caracterizado pela troca de serviços e produtos de forma direta e pautada na necessidade, sem envolver dinheiro ou atribuição de valor.

No decorrer do tempo, o dinheiro passou a intermediar as relações, e para ter direito a ele, o trabalhador passou a oferecer a o seu trabalho em troca de uma remuneração — que ganhou o nome de salário.

É esse formato que se mantém até hoje e, apesar de muitos profissionais investirem na formação e no conhecimento pelo desejo de adquirir novas habilidades e superar de desafios, à medida que evolui na carreira, existe sempre uma expectativa de que a remuneração surja como elemento de valorização das competências.

Quais fatores considerar para definir o salário?

Parece algo simples decidir o quanto alguém deve receber pelos serviços prestados, e essa definição é mesmo matemática, mas chegar até ela requer passos amplamente analisados para evitar transtornos futuros e abalos motivacionais.

Com o surgimento de um cargo inexistente dentro da empresa, o conceito de como definir salário e atribuir funções surge como um desafio para a gestão de pessoas, que pode se ancorar em fatores abrangentes, como os que sugerimos a seguir.

1. Estude a média do mercado

Analisar a média mercadológica não quer dizer que a sua empresa vai adotar os mesmos procedimentos e salários, pois cada empresa vivencia uma realidade financeira diferente da outra, e é preciso oferecer remunerações compatíveis.

O mercado deve funcionar como base de consulta e adequação, para que os cálculos alcancem um limite aceitável dentro da proposta salarial da empresa, sem oferecer muito aquém ou muito além de uma vaga com o mesmo cargo e funções já praticados.

Faça a pesquisa dentro do seu segmento e entre empresas de porte semelhante, para que a comparação seja realista. Comparações hipotéticas podem gerar prejuízos e não corresponder ao cenário econômico do momento, levando a uma definição equivocada e infundada.

2. Analise os salários internos

De nada adiantará abrir uma vaga com um bom salário no intuito de seduzir profissionais com perfis diferenciados se não houver o cuidado de avaliar também internamente o que está sendo pago aos colaboradores — garantindo que não aconteçam situações de desvalorização do capital humano atual.

Você pode até não conseguir nivelar todos os salários e cargos, mas aqueles com similaridades — ainda que com nomenclaturas e atribuições diferentes — poderão fazer parte de uma mesma estrutura.

3. Agregue benefícios

Os benefícios são remunerações complementares, e muitos profissionais são atraídos por uma empresa que oferece pacotes interessantes adicionados ao salário.

Patrocinar cursos — de idiomas, de atualização ou aperfeiçoamento — por meio de pagamento total ou parcial é um exemplo de um grande benefício para quem deseja se desenvolver sem ter a preocupação de comprometer parte do salário para esse fim.

4. Elabore um plano de cargos de salários

Embora muitos fatores sejam relevantes, quando falamos de remuneração adequada, justa e condicionada às funções exercidas, nenhum terá maior êxito do que a construção de um plano consistente de cargos e salários.

Seu objetivo fundamental é descrever os cargos da empresa e o salário que corresponde a cada um deles, levando em consideração o praticado no mercado e as características únicas e inerentes — nível de escolaridade, tempo de experiência, responsabilidades, criticidades e competências.

Quando a empresa divulga uma vaga e descreve o plano de cargos e salários como um instrumento de valorização, chama a atenção de profissionais em busca de uma nova oportunidade — que pleitearão o posto já sabendo quais são as chances de crescimento.

Paralelamente a isso, a empresa poderá enquadrar todos os colaboradores dentro do plano — favorecendo a gestão financeira — e trabalhar a retenção de talentos, evitando o desligamento voluntário. Também é importante adequar e agregar os profissionais recém-chegados ao novo formato.

Elaborar um bom plano de cargos e salários facilita os processos de recrutamento e seleção, desenha detalhadamente cada cargo e função e cria um vínculo transparente com todos os colaboradores e profissionais que desejam fazer parte da história da empresa.

O bom relacionamento funcional acontece ainda na busca mútua pela oportunidade.

De um lado está a empresa, formulando as necessidades e desenhando a vaga demandada, e de outro está o profissional, pesquisando o que a empresa tem a oferecer e quais são as perspectivas de desenvolvimento, crescimento e, consequentemente, o retorno financeiro.

A Harpio é uma consultoria de recrutamento e seleção, que usa ciência de dados e inteligência artificial, técnicas de entrevista e hunting feito por consultores especializados para entregar uma lista de candidatos relevantes, testados e validados, sob medida para suas necessidades.

Acreditamos que o processo seletivo deve ser uma jornada de autoconhecimento para profissionais e empresas — momento de identificar potencialidades, rever paradigmas e traçar novos caminhos pessoais e profissionais.

Agora que você já sabe como definir salário de uma forma sistemática e referenciada por fatores para um melhor gerenciamento de talentos, já pode entrar em contato conosco e conhecer as diversas opções de consultoria que temos a oferecer. Ficaremos contentes em contribuir para o sucesso da sua empresa!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-